01
jan
09

Um Reveillon de Comemoração e de Esperanças para o Crato

No Crato, as festas de Reveillon aconteceram de modo muito tranquilo, conforme o esperado. Alguns se programaram bem antes, fizeram suas roupas luxuosas… Alguns foram aos clubes de serra, tradicionais, aonde puderam desfrutar certamente das melhores e mais badaladas festas do ano em nossa cidade. Outros tantos preferiram ir ao Juazeiro do Norte e apreciar também as festas que a nossa querida cidade vizinha e filha podem oferecer.

Neste ano eu passei um Reveillon bastante diferente. Ao invés daquele tradicional encontro de família, em que invariavelmente tudo é igual, as mesmas caras, o mesmo ritual…fui convidado para fazer parte do reveillon de uma família muito mais ampla em comemoração. A família de uma cidade. Recebi há alguns dias um convite da nossa colega de Blog, Autora, Mônica Araripe para estar com toda a equipe que irá gerir os destinos da nossa cidade pelos próximos 4 anos. Aceitei o convite de imediato. E para minha surpresa, a festa foi uma das mais interessantes de que eu já pude participar. A festa aconteceu em um dos ambientes mais aprazíveis da cidade, o “Lagarta Pintada” lá no distrito do Lameiro, onde fui muito bem recebido pelo seu proprietário. Pensava eu que iria encontrar lá aquelas pessoas “cheias de importância”, daqueles que não cabem em si, … muito pelo contrário, encontrei um ambiente de plena PAZ, de pessoas simples, alegres, alguns com camisas que beiravam aquelas que vestimos ao fazer compras no supermercado. Lugar este onde reinou sobretudo, a união, a sinceridade de gente simples, de pessoas amigas, de velhos conhecidos, sem pompa nem circunstance alguma. Senti-me tão mais em casa do que em muitas casas minhas quase a ponto de tirar os sapatos. Mas não o fiz…

E não faltou assunto. Enquanto alguns dançavam ao som de uma banda muito competente, formada por alguns dos melhores músicos do Cariri, como João Neto ao Contrabaixo, Ibbertson Nobre nos teclados, Saul Brito na bateria, e diversos cantores, outros preferiram ficar nas mesas, onde as tranquilas conversas permearam toda a noite. E assim, por entre estórias engraçadas, que me lembrei bastante daquele outro encontro em que participei com o nosso querido A. Morais, Carlos Eduardo Esmeraldo e José Nilton, é que a noite passou sem que sequer nos déssemos conta.

Já às 05 da manhã, vimos o romper da aurora, celebrado com bastante alegria e um clima de fraternidade e quase silêncio. Conversas longe, pessoas falando baixinho…Alguns poucos ainda ensaiaram uns discursos improvisados, ao que lágrimas rolaram nas faces de outros tantos… em dado momento, o atual prefeito reeleito, Samuel Araripe levantou-se e de improviso disse a todos da sua mesa:

“Esperamos tanto para ver esse romper da aurora feliz, e isso não é a vitória nem resultado de um só homem. Foi uma batalha dura, meus amigos! e de tantos quantos acreditaram, confiaram em nós e de que poderíamos ser capazes de transformar o Crato e fazer desta cidade um lugar melhor de se viver. E certamente faremos, temos mais aí 4 anos para isso melhorar ainda mais, pois é com esse compromisso que o povo nos elegeu.”

Todos concordaram. Uns mais com as palavras, outros com o olhar. Chegada a hora de ir embora, se despediram, todos se abraçando e desejando dias melhores e um bom ano novo. E assim, para mim, o dia nasceu de uma forma diferente. Eu, que passo as madrugadas cercado desses computadores, máquinas duras, sem coração, pude passar uma madrugada com seres humanos muito emocionados por uma conquista alcançada. Com uma nova esperança que vi em cada olhar dos que ali se encontravam. Uma esperança que tinha antes de tudo, uma certa força de quem nunca perdeu sua fé por um só momento. E assim, também acabei testeminhando momentos únicos, que poucos viram, aliás, mas que certamente ficará na memória dos que ali se encontraram.

…E o nascer do dia primeiro de janeiro, vendo os primeiros raios de 2009 quase do topo da serra do Araripe, é que olhando as luzes ainda piscantes da cidade aos nossos pés por entre a densa e bela folhagem da Chapada, o Crato nasceu feliz e crtamente, renovado de esperanças.

Aqui cabe-nos apenas dizer: Oxalá! Que venham esses dias melhores. Que se cumpra o acordado. Feliz 2009 a todos os Cratenses, e que a esperança de melhores dias possa vingar em frutos verdadeiros para todo um povo que sobretudo deseja a PAZ, o PROGRESSO e a sua Felicidade.

Algumas fotos do evento:














Isso é Reveillon de verdade…

Por: Dihelson Mendonça
Fotos: Dihelson Mendonça e Wilson Bernardo
.
.


0 Responses to “Um Reveillon de Comemoração e de Esperanças para o Crato”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: