01
jan
09

Meu primeiro de janeiro …


As despedidas
explodem fogos
dentro e fora de mim…
Ficam resíduos
adubos que se absorvem
removem a terra por si ,
e algo volta a florir

O novo é sempre verde
sem desprezo à folha seca
que o vento deixou cair
Esta é a zoada do tempo…
lembranças no pensamento …
no secar das minhas águas
abro as valas do sorriso
Pra que debochar da vida ?
Ela sente , e escarra em mim

Cheiros de tinta fresca
para esta noite de festa
Banhos de alecrim, canela …
No ralo , culpas têm fim

365 dias
apostando na alegria …
Disparo de novas bombas :
chocolate e sapoti !
A cidade me convida …
Abraços já amarrados
nos afetos dos meus dias

Acendo uma lua em mim
Apago a lua do quarto
No toucador do banheiro
tem um perfume de mato
Aspiro desejos fartos
suspiro um ai do passado
e vejo que o futuro
já está encadernado.

Amor disperso , condenso
pudim de leite , que adoro
Reparto com todos vós
Irmãos por parte de avós.

Blogs de tantas palavras
em minhas horas de buscas
fizeram a sua parte …
E os versos que nunca digo
gravados em fita virgem
recolhem os meus desabafos.

Quem é o Santo do Ano ?
Ainda nem descobri …
Se for Oxossi ,
eu garanto …
de verde vou me vestir !

Por: Socorro Moreira


0 Responses to “Meu primeiro de janeiro …”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: